Inexistência da câmara arbitral escolhida pelas partes. Cabimento da ação do art. 7º. Descabível aproveitamento dos atos praticados em procedimento arbitral anterior. Recusa da parte. Impossibilidade de nomeação de árbitro único. Indicação da câmara arbitral suficiente na forma do art. 10, II:
RANZOLIN, Ricardo (org.). Arbipedia. Comentários à Lei Brasileira de Arbitragem. Arbipedia, Porto Alegre, 2020.
Acesso em: 24-01-2020. Disponível em: https://arbipedia.com/arbipedia-comentarios-a-lei-de-arbitragem/conteudo-exclusivo-arbipedia/517.html